Connect with us

Vídeos

7 tipos de vitaminas e em quais alimentos encontrá-las

Prublicadas

sobre

Tempo de Leitura:4 Minuto, 24 Segundo


As vitaminas são nutrientes essenciais com funções específicas, encontradas em diversos alimentos As vitaminas são nutrientes essenciais com funções específicas, encontradas em diversos alimentos Imagem: beats1 | Shutterstock

As vitaminas são nutrientes que desempenham papéis fundamentais no funcionamento adequado do corpo humano. Sem elas, diversos processos metabólicos, imunológicos e regenerativos ficariam comprometidos, afetando a saúde e o bem-estar. Cada uma delas possui funções específicas que vão desde a manutenção da visão e da pele até a formação de células sanguíneas e a proteção contra danos oxidativos.

Nesse sentido, uma dieta balanceada, rica em frutas, legumes, verduras, grãos integrais e proteínas magras, garante a ingestão necessária dessas substâncias. Por isso, a seguir, confira 7 tipos de vitaminas, suas funções e em quais alimentos encontrá-las!

1. Vitamina A

A vitamina A possui papel fundamental no crescimento, desenvolvimento e manutenção dos ossos. Ela também fortalece o sistema imunológico e protege as células contra danos causados pelos radicais livres, que podem acelerar o envelhecimento celular. Pode ser encontrado em alimentos de origem vegetal e animal, tais como:

  • Fígado;
  • Leite fortificado;
  • Ovos;
  • Mamão;
  • Melão;
  • Abacaxi;
  • Cenoura;
  • Batata-doce;
  • Espinafre;
  • Couve.

2. Vitamina E

A vitamina E ajuda a proteger as células contra os danos causados pelos radicais livres, que são moléculas instáveis produzidas pelo corpo em resposta ao estresse ambiental, como poluição e radiação ultravioleta. Além disso, auxilia no funcionamento do sistema imunológico, ajudando a combater infecções. Também é importante para a saúde da pele. Ela está presente em:

  • Óleos vegetais (óleo de girassol e óleo de gérmen de trigo);
  • Oleaginosas e sementes (nozes, amêndoas e sementes de girassol);
  • Espinafre;
  • Brócolis;
  • Abacate.

3. Vitamina C

A vitamina C é um antioxidante poderoso que ajuda na proteção das células contra danos. Ela também é essencial para a síntese de colágeno, absorção de ferro não-heme (de origem vegetal) e função imunológica.

“Os antioxidantes na dieta podem desempenhar um papel importante na prevenção do envelhecimento da pele e anexos cutâneos, pois são compostos que ajudam a proteger as células do corpo contra os danos causados pelos radicais livres, moléculas instáveis que podem causar estresse oxidativo, que está associado ao envelhecimento prematuro da pele e a uma variedade de problemas dermatológicos”, explica a nutróloga Dra. Marcella Garcez.

Os alimentos que contém vitamina C são:

  • Laranja;
  • Morango;
  • Kiwi;
  • Pimentão vermelho;
  • Brócolis;
  • Couve de Bruxelas;
  • Mamão.
A vitamina D é essencial para a saúde óssea, ajudando na absorção de cálcio e fortalecendo o sistema imunológico Imagem: New Africa | Shutterstock

4. Vitamina D

A vitamina D é crucial para a saúde óssea, pois auxilia na absorção de cálcio. Também desempenha um papel importante na função imunológica e na saúde muscular. “Nosso organismo sintetiza os precursores de vitamina D, mas precisa da exposição solar para desempenhar sua ativação, como um botão de liga e desliga”, explica Larissa Santana Silva, dermatologista e professora de Medicina da Unime. Os alimentos ricos em vitamina D são:

  • Peixes gordurosos (salmão, atum e cavala);
  • Óleo de fígado de bacalhau;
  • Gema de ovo;
  • Leite e suco de laranja fortificados;
  • Queijo.

5. Vitamina B12

A vitamina B12 é vital para a formação de glóbulos vermelhos, síntese de DNA e função neurológica adequada. “A quantidade necessária para manter bons níveis na corrente sanguínea pode variar de um indivíduo para outro, dependendo da capacidade de absorção de cada organismo (5 mcg a 20 mcg por dia). Mas claro que essa quantidade de manutenção é bem menor que a dose de correção da deficiência. A falta dessa vitamina pode levar a problemas sérios de saúde, e os sintomas podem se manifestar de maneira gradual”, esclarece Rodrigo Neves, médico pós-graduado em endocrinologia.

Os alimentos que contém esse tipo de vitamina são:

  • Carne;
  • Peixes;
  • Frutos do mar (ostras e mexilhões);
  • Leite e derivados;
  • Ovos;
  • Cereais fortificados.

6. Vitamina K

A vitamina K é necessária para a ativação de proteínas que regulam a coagulação, garantindo que o sangue coagule de forma adequada após uma lesão. Além disso, contribui para a saúde óssea, ajudando na fixação do cálcio nos ossos, o que é crucial para a prevenção de osteoporose e fraturas. Os alimentos fontes de vitamina K são:

  • Vegetais de folhas verdes (couve, espinafre e brócolis);
  • Couve de Bruxelas;
  • Couve-flor;
  • Peixe;
  • Fígado;
  • Carne;
  • Ovos.

7. Vitamina B9

A vitamina B9, também chamada de ácido fólico, é importante para a síntese e reparo do DNA, bem como para a divisão celular. Além disso, é fundamental durante a gravidez para o desenvolvimento adequado do feto.

Segundo a nutricionista Alessandra Feltre, a ingestão diária recomendada de folato para adultos é de 400 microgramas. No entanto, durante a gravidez, a necessidade aumenta, uma vez que também é essencial para o crescimento e desenvolvimento saudável do feto.

Os alimentos ricos em vitamina B9 são:

  • Folhas verdes escuras (espinafre e couve);
  • Leguminosas (feijão e lentilha);
  • Abacate;
  • Brócolis;
  • Beterraba;
  • Laranja;
  • Cereais e farinhas fortificados.





Fonte: Edicase

Vídeos

6 receitas de sopas e caldos fáceis para espantar o frio

Prublicadas

sobre

Tempo de Leitura:4 Minuto, 22 Segundo


Caldo de cenoura Caldo de cenoura Imagem: Veronika Idiyat | Shutterstock

As sopas e os caldos são excelentes alternativas para as refeições nos dias frios. Leves e completas, elas podem ser preparadas com diversos ingredientes de forma simples e fácil. Além disso, são saudáveis, nutritivas e ideais para quem deseja se aquecer sem sair da dieta. Pensando nisso, selecionamos 6 receitas de sopas e caldos irresistíveis para você preparar em casa. Confira!

Caldo de cenoura

Ingredientes

  • 2 cenouras descascadas e cortada em rodelas
  • 2 batatas descascadas e cortadas em rodelas
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 3 dentes de alho descascados e amassados
  • 1 cebola descascada e picada
  • 1 1/5 xícara de chá de água
  • Sal a gosto

Modo de preparo

Em uma panela, coloque o azeite e leve ao fogo médio para aquecer. Adicione o alho e a cebola e doure. Acrescente as cenouras e as batatas e frite por 3 minutos. Após, coloque a água e cozinhe até os legumes ficarem macios. Desligue o fogo, espere esfriar, transfira a mistura para um liquidificador e bata até ficar homogêneo. Coloque a sopa novamente na panela e leve ao fogo médio para aquecer. Desligue o fogo, tempere com sal e sirva em seguida.

Sopa de batata

Ingredientes

  • 1/2 kg de batatas descascadas e raladas
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 2 dentes de alho descascados e picados
  • 1 cebola descascada e picada
  • 1 l de caldo de legumes
  • Sal e folhas de manjericão a gosto

Modo de preparo

Em uma panela, coloque o azeite e leve ao fogo médio para aquecer. Adicione o alho e a cebola e doure. Acrescente as batatas e cozinhe por 5 minutos, mexendo ocasionalmente. Junte o caldo de legumes e o sal, reduza o fogo e cozinhe por 25 minutos. Desligue o fogo, coloque o manjericão e sirva em seguida.

Sopa de legumes

Ingredientes

  • 1 abóbora cabotiá descascada e cortada em cubos
  • 1 l de água
  • 1 tomate picado e sem sementes
  • 1 abobrinha descascada e picada
  • 1 chuchu descascado e picado
  • 1 cebola descascada e picada
  • 1 dente de alho descascado e amassado
  • 1 cenoura descascada e picada
  • Sal, pimenta-do-reino moída e azeite a gosto

Modo de preparo

Em uma panela, coloque o azeite e leve ao fogo médio para aquecer. Adicione a cebola e o alho e doure. Acrescente a abóbora e refogue por 5 minutos. Junte o tomate, a abobrinha, o chuchu e a cenoura e cubra com a água. Cozinhe até os legumes ficarem macios. Tempere com sal e pimenta-do-reino. Desligue o fogo e sirva em seguida.

Sopa de cebola Imagem: Dar1930 | Shutterstock

Sopa de cebola

Ingredientes

  • 1 kg de cebola descascada e fatiada
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 1 l de caldo de legumes​
  • Sal e pimenta-do-reino moída a gosto

Modo de preparo

Em uma panela, coloque o azeite e leve ao fogo médio para aquecer. Adicione a cebola e doure. Acrescente o caldo de legumes, tampe a panela e cozinhe até encorpar. Tempere com sal e pimenta-do-reino. Desligue o fogo e sirva em seguida.

Dica: sirva acompanhado de pão italiano tostado e polvilhado com queijo parmesão ralado.

Caldo de ervilha

Ingredientes

  • 450 g de ervilha congelada
  • 1/2 cebola descascada e picada
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 xícara de chá de caldo de legumes
  • 1 xícara de chá de água
  • Sal e pimenta-do-reino moída a gosto

Modo de preparo

Em uma panela, coloque o azeite e leve ao fogo médio para aquecer. Adicione a cebola e doure. Acrescente o caldo de legumes e a água e cozinhe até levantar fervura. Junte as ervilhas, reduza o fogo e cozinhe por 10 minutos. Desligue o fogo, espere esfriar, transfira a mistura para um liquidificador e bata até obter uma consistência uniforme. Coloque na panela e leve ao fogo médio para aquecer. Desligue o fogo, tempere com sal e pimenta-do-reino e sirva em seguida.

Sopa de lentilha

Ingredientes

  • 500 g de lentilha
  • 3 tomates picados e sem sementes
  • 1 cebola descascada e picada
  • 2 dentes de alho descascados e amassados
  • 1 cenoura descascada e picada
  • 1 talo de aipo picado
  • 1 l de caldo de legumes
  • 1 colher de sopa de óleo de girassol
  • Sal e pimenta-do-reino moída a gosto

Modo de preparo

Em água corrente, lave a lentilha, escorra e reserve. Em uma panela, coloque o óleo e leve ao fogo médio para aquecer. Acrescente a cebola, o alho e o aipo e refogue até a cebola ficar transparente. Adicione os tomates, a lentilha, a cenoura e o caldo de legumes e cozinhe até a lentilha ficar macia. Desligue o fogo, tempere com sal e pimenta-do-reino e sirva em seguida.





Fonte: Edicase

Continue Lendo

Vídeos

5 personagens de ‘House Of The Dragon’ para conhecer melhor

Prublicadas

sobre

Tempo de Leitura:3 Minuto, 52 Segundo


‘House Of The Dragon’ tem cativado o público por sua trama intrigante e grandes personagens ‘House Of The Dragon’ tem cativado o público por sua trama intrigante e grandes personagens Imagem: Reprodução digital | HBO)

A segunda temporada de ‘House Of The Dragons’ estreou no dia 16 de junho e, desde então, tem cativado o público com sua trama repleta de intrigas políticas e batalhas épicas, enriquecida com um elenco ainda mais diversificado e cativante.

Além dos principais personagens da primeira temporada, novos rostos foram adicionados à sequência, trazendo motivações para a guerra civil Targaryen, conhecida como a Dança dos Dragões. Abaixo, veja quem são eles e conheça um pouco sobre as personalidades mais interessantes da série!

1. Rhaenyra Targaryen (Emma D’Arcy)

Rhaenyra Targaryen é uma das personagens mais importantes de ‘House Of The Dragon’ Imagem: Reprodução digital | HBO

A princesa Rhaenyra Targaryen é filha do Rei Viserys I Targaryen e casada, pela segunda vez, com príncipe Daemon Targaryen, seu tio. Na história, ela desempenha um papel fundamental para o desenrolar da saga, visto que foi a disputa pelo trono da família que deu origem à Dança dos Dragões, uma guerra civil que marcou a história de Westeros (continente fictício onde se passa a maior parte da trama).

Tudo começou após a morte do Rei Viserys, que nomeou a filha como a sua sucessora, por ela ser a irmã mais velha e ter um filho homem. No entanto, a decisão do monarca não foi respeitada após sua morte, e Aegon II, meio-irmão mais novo da princesa, assumiu o trono com a justificativa de ser o primeiro filho homem do rei. Ao saber da coroação, Rhaenyra declarou-se a verdadeira rainha e começou a reunir apoiadores para lutar por sua reivindicação, originando a sangrenta guerra abordada na série.

2. Alicent Hightower (Olivia Cooke)

Alicent Hightower é uma figura influente na política dos sete reinos Imagem: Reprodução digital | HBO

Filha de Otto Hightower, Alicent é uma membro poderosa da Casa Hightower e uma figura influente na política dos sete reinos. A sua história é marcada pela ascensão após a morte do Rei Viserys I, de quem ela era Rainha Consorte, e intrigas na corte, incluindo uma poderosa disputa com Rhaenyra. Isso porque, na segunda temporada, ela luta para manter o poder dos Westeros na mão dos seus filhos, Aegon II e Aemond Targaryen.

3. Lorde Corlys Velaryon (Steve Toussaint)

Lorde Corlys Velaryon desempenha um papel importante na disputa pelo trono de Westeros Imagem: Reprodução digital | HBO

Lorde Corlys, também conhecido como “A Serpente do Mar”, é chefe da Casa Velaryon, uma das mais antigas e respeitadas de Westeros, e possui uma vasta riqueza acumulada por meio de inúmeras expedições marítimas. Casado com Rhaenys Velaryon, uma cavaleira do dragão que reivindicou Meleys – a Rainha Vermelha –, ele é um dos apoiadores da princesa Rhaenyra durante a Dança dos Dragões contra seu meio-irmão Aegon e desempenha um papel fundamental na disputa pelo trono de Westeros, especialmente após se tornar Mão da “Rainha” Rhaenyra.

4. Lord Cregan Stark (Tom Taylor)

Lord Cregan Stark tem habilidades cruciais para vencer a Dança dos Dragões ao lado de Rhanyera Imagem: Reprodução digital | HBO

Lord Cregan Stark é um poderoso membro da Casa Stark, uma antiga família governante do Norte de Westeros, cuja sede é o castelo de Winterfell. Conhecido nos livros e na série por ser o Senhor de Winterfell e o Guardião do Norte, durante o período da Dança dos Dragões, ele é descrito como um líder forte e leal, do qual as habilidades são cruciais para a aliança com Rhaenyra na guerra. A inclusão do personagem na série promete trazer mais profundidade e intriga.

5. Alyn Velaryon (Abubakar Salim)

Alyn Velaryon é um personagem intrigante e que promete se destacar na luta das pessoas negras Imagem: Reprodução digital | HBO

Membro da Casa Velaryon, uma das casas nobres de Westeros, Alyn é introduzido na segunda temporada da série como o responsável por salvar Corlys Velaryon em um confronto marítimo. Ele é descrito na história como um jovem cavaleiro e um dos personagens intrigantes da trama. Promete se destacar na luta a favor das pessoas negras, principalmente considerando que as suas cenas estão relacionadas à dinâmica política e social.





Fonte: Edicase

Continue Lendo

Vídeos

7 benefícios da erva-cidreira para a saúde

Prublicadas

sobre

Tempo de Leitura:4 Minuto, 14 Segundo


Veja como esta planta pode favorecer a saúde e auxiliar no tratamento de doenças

A erva-cidreira é uma planta benéfica para a saúde devido às suas propriedades calmantes, digestivas, anti-inflamatórias e antioxidantes A erva-cidreira é uma planta benéfica para a saúde devido às suas propriedades calmantes, digestivas, anti-inflamatórias e antioxidantes Imagem: aTp_artist | Shutterstock

A erva-cidreira, também conhecida como Melissa officinalis, é uma planta perene originária da região do Mediterrâneo e da Ásia Ocidental e amplamente utilizada na medicina tradicional e na culinária. Com agradável aroma cítrico, além de ser um ingrediente versátil em chás e receitas, ela oferece uma série de benefícios para a saúde. Abaixo, confira alguns deles!

1. Reduz o estresse e a ansiedade

A erva-cidreira é famosa por suas propriedades calmantes. O seu consumo em forma de chá pode ajudar a reduzir os níveis de estresse e ansiedade, promovendo uma sensação geral de relaxamento e bem-estar. Seus compostos ativos, como o ácido rosmarínico, desempenham um papel importante na modulação dos neurotransmissores relacionados ao estresse.

2. Melhora o sono

Para aqueles que enfrentam dificuldades para dormir, a erva-cidreira se mostra uma aliada natural. Seu efeito calmante promove um sono mais profundo e reparador. O chá de erva-cidreira, tomado antes de dormir, pode ser um ótimo remédio natural para insônia e distúrbios do sono.

“Costumo comparar o sono como a hora de recarregar a bateria da máquina chamada corpo humano. Se tivermos menos tempo de recarga, menor poder de ação e menor tempo de funcionamento com eficiência teremos no dia”, afirma o nutrólogo Dr. Carlos Portela.

3. Alivia dores de cabeça

A aplicação tópica de óleo essencial de erva-cidreira pode ajudar a aliviar dores de cabeça e enxaquecas. Suas propriedades anti-inflamatórias e relaxantes contribuem para a redução da tensão muscular e do estresse, fatores comuns associados às dores de cabeça.

“As cefaleias devem ser tratadas, mesmo as menos frequentes. Nos últimos 20 anos, os avanços nesse sentido foram enormes e, hoje, nenhum médico diz ao paciente uma frase que era comum há alguns anos: ‘você tem que se acostumar a viver com sua dor de cabeça’”, afirma o neurologista José Geraldo Speciali. 

A erva-cidreira beneficia a saúde cardiovascular ao reduzir a pressão arterial e melhorar a circulação sanguínea Imagem: Leka Talamoni | Shutterstock

4. Melhora a saúde cardiovascular

A erva-cidreira pode ter efeitos benéficos em relação à saúde cardiovascular. Ela ajuda a reduzir a pressão arterial e a melhorar a circulação sanguínea, devido às suas propriedades vasodilatadoras e relaxantes. “Quando há excesso de gordura na parede das artérias, isso atrapalha ainda mais o sangue chegar até alguns tecidos”, explica a cirurgiã vascular Dra. Aline Lamaita, membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular. “Essa má circulação pode ser extremamente perigosa, porque há riscos de desenvolvimento de insuficiência arterial periférica, infartos do miocárdio e acidente vascular cerebral (AVC)”, alerta.

6. Apoia o controle de peso

Por promover a saciedade e reduzir o apetite, a erva-cidreira pode ajudar no controle de peso. Seu efeito relaxante também pode ajudar a prevenir o comer emocional e o consumo excessivo de alimentos.

“Comer por estar feliz, comer por estar triste, por estar ansioso ou por estar estressado são apenas alguns dos sentimentos que criam uma relação doentia com a comida e que pode resultar em inúmeros transtornos alimentares, mas que podem ser tratados”, afirma a psicóloga Valeska Bassan.

6. Auxilia na digestão

A erva-cidreira possui propriedades digestivas capazes de aliviar sintomas de indigestão, como inchaço e gases. Ela estimula a produção de bile, o que facilita a digestão dos alimentos e contribui para a saúde geral do sistema digestivo.

“Um desequilíbrio bacteriano no intestino, ou ‘disbiose intestinal’, é muito comum hoje em dia. Estresse, alimentos processados, alto consumo de açúcar, álcool e uso excessivo de antibióticos são fatores comuns que diminuem nossas boas bactérias intestinais e contribuem para a disbiose intestinal”, explica o dermatologista Dr. Daniel Cassiano, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

7. Alívio de cólicas menstruais

O chá de erva-cidreira alivia cólicas menstruais devido às suas propriedades antiespasmódicas, que relaxam os músculos uterinos, e seu efeito calmante, que reduz o estresse e a ansiedade. Ainda, suas propriedades anti-inflamatórias diminuem a inflamação, e sua capacidade de melhorar a circulação sanguínea ajuda a reduzir o desconforto e a dor.

“No período menstrual, as contrações uterinas aumentam, justamente para auxiliar na eliminação do endométrio. Para ajudar neste processo, há aumento de mediadores inflamatórios locais, e isso, associado à contratilidade uterina aumentada, pode causar dor do tipo cólica”, explica a ginecologista Dra. Juliana Sperandio, parceira de Pantys, marca de calcinhas absorventes para menstruação, maternidade e incontinência.





Fonte: Edicase

Continue Lendo

Popular