Connect with us

Brasil

Dia da Pizza: conheça a história da família que respira a iguaria há 55 anos

Prublicadas

sobre

Tempo de Leitura:4 Minuto, 21 Segundo


Micheluccio oferece novos endereços com a tradição do velho sabor inigualável da redonda bem feita

Divulgação/MicheluccioPizzaiolo com três pizzas na mesa
Marcus Paschoal é diretor da Micheluccio Pizza Artezanalle, uma das redes pioneiras no setor

Quem não gosta de pizza, bom sujeito não é! Essa frase poderia ser incorporada facilmente à rotina do paulistano, já que a capital é a segunda cidade que mais consome pizzas no mundo, perdendo somente para Nova York. Dia 10 de julho comemora-se o Dia da Pizza. Então, o portal da Jovem Pan foi atrás de uma história que tivesse a ver com a paixão pelo prato. E já que degustar essa receita tem a ver com família, reunião de amigos e celebração, entrevistamos um profissional que, já na barriga da mãe, nutria amor pela redonda e tudo que envolve sua preparação. “Posso dizer que a pizza é minha vida, já que cresci sentindo o aroma da massa, ouvindo meu pai e avô discutirem receitas e, claro, sem falar no verdadeiro encantamento que corre nas veias. Para mim, pizza é mais que um negócio, é um movimento afetivo, que reúne, que celebra e alimenta, e ainda, emprega milhares de pessoas”, explica Marcus Paschoal, diretor da Micheluccio Pizza Artezanalle, uma das redes pioneiras no setor. A receita vem de berço, já que o pai, Miguel Paschoal (que originou o nome referente ao apelido em italiano) fundou a empresa há 55 anos.

A rede se expandiu, com a abertura das filiais em diferentes locais. “Hoje estamos com as unidades da Aclimação, Brooklin e Morumbi. Nosso objetivo é levar adiante a tradição da verdadeira pizza, com o toque e atendimento perfeitos, características empregadas nessa trajetória de sucesso”, comenta o empresário. É fato que o mercado de delivery cresce em uma constante, sendo o consumo de pizza o principal destaque. De acordo com pesquisas, os pedidos são mais realizados pela chamada Geração Z, que representa os jovens de 18 a 29 anos, com uma alta de 31% na comparação entre 2022 e 2023. Ainda, o consumo de pizza no Brasil se destaca entre os produtos de fast food, já que é o segundo alimento que mais contribui positivamente em volume, com alta de 2,8%, perdendo apenas para os sanduíches.

Para Marcus, essa evolução já era esperada, mas, diante de tanta demanda, é preciso estar atento aos detalhes. “Durante anos mantivemos e vamos manter a qualidade dos ingredientes, segurança dos processos e claro, nosso segredo que envolve a receita da massa mais que especial. As versões de cardápio servidas com bordas grandes e generosos recheios justificam o sucesso e o reconhecimento vem através da opinião de jornalistas, artistas e formadores de opinião. A marca chegou a ser considerada sinônimo de pizza na década de 80 em São Paulo. A Micheluccio é uma das poucas pizzarias da cidade que ainda oferece a verdadeira pizza paulistana”, explica.

Os clientes podem apreciar iguarias únicas da rede, que vende mais de 8 mil unidades por mês. “Hoje é difícil dizer que temos uma pizza que não tem em outras redes, pois elas são copiadas, mas o calzone Little Italy e Porto Fino são as criações mais recentes da nossa marca”, conta Paschoal. Ele lembra que teve um grande crescimento do delivery na pandemia — no e pós —, já que muitas pessoas não usavam aplicativos para fazer pedidos em casa e hoje acabou se tornando um hábito. “Nosso diferencial está em muitos fatores, mas o principal se refere à receita exclusiva da massa. Ainda, nosso molho é feito com o próprio tomate, e não com enlatados. Tudo é confeccionado com ingredientes artesanais”, esclarece.

cta_logo_jp

Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

A rede ainda prevê a abertura de outras unidades em formatos diferentes, de acordo com cada região, segundo o empreendedor. “Mantemos a tradição dos nossos produtos, mas procuramos nos atualizar constantemente, permitindo uma expansão de negócios variada que vai desde o modelo tradicional de pizzaria com salão, delivery e take away, até os serviços de eventos, que intitulamos de ‘Pizza in Casa’. As pizzas tradicionais (marguerita, calabresa e quatro queijos) são as mais vendidas, comprovando que o brasileiro é apaixonado pelos sabores tradicionais.” Ainda, como prova de que eles estão à frente, o menu oferta os sabores salgados com versões próprias, além da variedade enorme de outros itens como pizzas doces, veganas e sem lactose, como também pão de calabresa de fermentação natural, calzones e carta de vinho de rótulos selecionados e cervejas artesanais. Aliás, para comemorar junto aos clientes, a marca oferece uma promoção exclusiva válida somente para este dia 10: os primeiros 50 clientes que comprarem através do app da pizzaria ganham uma garrafa de vinho.

*Especial para a Jovem Pan





Fonte: Jovem Pan

Brasil

Tropa da Amazônia vai participar de operação com os Estados Unidos

Prublicadas

sobre

Tempo de Leitura:2 Minuto, 11 Segundo


Militares brasileiros estarão no CORE 2024 (Combined Operation And Rotation Exercise), treinamento conjunto com o Exército norte-americano durante o mês de agosto nos Estados Unidos

DivulgaçãoTropa da Amazônia participará de Operação com os Estados Unidos
Em 2024, o exercício vai ocorrer no Fort Johnson/Louisiana, no Centro de Treinamento e Preparação Conjunta dos Estados Unidos

Militares do Exército Brasileiro, que são especialistas em operar no ambiente amazônico, irão participar do CORE 2024 (Combined Operation And Rotation Exercise), treinamento conjunto com o Exército norte-americano durante o mês de agosto nos Estados Unidos. A duração aproximada é de um mês. A tropa brasileira será composta por uma Companhia de Fuzileiros do 52° Batalhão de Infantaria de Selva (52º BIS), com sede em Marabá (PA), e de membros do Estado-Maior nível Batalhão e Brigada. Os brasileiros vão integrar uma unidade da 101ª Divisão Aeroterrestre (101st Airbone Division) do Exército dos Estados Unidos.

Em 2024, o exercício vai ocorrer no Fort Johnson/Louisiana, no Centro de Treinamento e Preparação Conjunta dos Estados Unidos, o Joint Readiness Training Center (JRTC). O desenvolvimento da capacidade de operação combinada entre os Exércitos do Brasil e dos Estados Unidos e a aplicação de conceitos operacionais atuais estão entre os principais objetivos da atividade. No ano passado, o Brasil recebeu uma tropa americana para a CORE 23, que foi realizado nos Estados do Pará e Amapá.

cta_logo_jp

Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

Edições anteriores​​​

Em 2021, o Exército Brasileiro e o Exército Americano realizaram o Exercício Culminating em solo estadunidense. Após a atividade, foi assinado um programa de cooperação que estipula exercícios bilaterais anuais até o ano de 2028. Os exercícios receberam a denominação de CORE, acrônimo em inglês para Operações Combinadas e Exercícios de Rotação. Os Exercícios CORE têm a participação de tropas das Forças de Prontidão do Exército Brasileiro. Os militares do país visitante são enquadrados em unidades do Exército anfitrião. Até agora, já foram desenvolvidas duas edições no Brasil, uma em São Paulo e a outra no Pará e no Amapá, além de uma edição nos Estados Unidos.

Publicado por Carolina Ferreira





Fonte: Jovem Pan

Continue Lendo

Brasil

Forças Armadas auxiliam DPU, AGU e instituições parceiras na Caravana de Direitos na Reconstrução do RS

Prublicadas

sobre

Tempo de Leitura:1 Minuto, 7 Segundo


Evento ocorre nesta quarta-feira (24) em São Leopoldo, e na quinta-feira (25) em Novo Hamburgo

Exércicito Brasileiro Forças Armadas
Eventos ocorrerão nesta quarta e quinta-feira

Sob coordenação do Comando Conjunto da Operação Taquari II, militares das Forças Armadas ajudaram a Defensoria Pública da União (DPU), a Advocaria Geral da União (AGU) e instituições parceiras na Caravana de Direitos na Reconstrução do Rio Grande do Sul. Evento será realizado até esta quarta-feira (24), no 19° Batalhão de Infantaria Motorizado, em São Leopoldo. Anteriormente, ocorreu em Canos, também no estado do sul. Já na quinta-feira (25), reunião será na cidade de Novo Hamburgo. A ação ocorrerá das 9h às 17h, na Praça da Juventude, Bairro Santo Afonso.

cta_logo_jp

Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!





Fonte: Jovem Pan

Continue Lendo

Brasil

Sócio de Nego Di é preso em Santa Catarina

Prublicadas

sobre

Tempo de Leitura:1 Minuto, 41 Segundo


Golpe do influenciador e empresário gerou prejuízo de R$ 5 milhões para mais de 300 pessoas; produtos da loja virtual eram vendidos e não entregues

Reprodução/Instagram/Policia Civil RS/@gabi.sousa93Nego Di e Anderson Boneti
Nego Di está preso desde o último dia 14 de julho

Na última segunda-feira (22), o sócio do influenciador e humorista Nego Di, Anderson Boneti, foi preso pela Polícia Civil, no litoral de Santa Catarina, em Bombinhas. Ambos são acusados de aplicarem golpe em mais de 300 pessoas, o que gerou prejuízo de R$ 5 milhões. Os golpes eram aplicados em uma loja virtual chamada Tadezueira, que vendia produtos com valores bem abaixo do mercado e não entregava os produtos. Conforme a polícia, para evitar a possibilidade de fuga, ps mandados de prisões preventivas foram expedidos. “No esquema criminoso, Boneti tinha a expertise digital e era responsável pelo funcionamento do site, enquanto Nego Di utilizava a sua imagem de figura pública. Agora entraremos numa segunda fase da investigação, com verificação de valores que entraram na conta e se há crimes de lavagem de dinheiro.”, explicou o delegado Fernando Sodré, chefe da Polícia Civil gaúcha.

cta_logo_jp

Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

Nego Di foi preso no último dia 14 de julho, com pedido de prisão preventiva pelo crime de estelionato, a prisão ocorreu em Santa Catarina. A reportagem da Jovem Pan não conseguiu localizar a defesa Anderson Boneti. O espaço está aberto para qualquer manifestação.





Fonte: Jovem Pan

Continue Lendo

Popular