Connect with us

Vídeos

5 dicas para melhorar a relação entre família e escola

Prublicadas

sobre

Tempo de Leitura:2 Minuto, 34 Segundo


É possível melhorar a relação da família com a escola É possível melhorar a relação da família com a escola Imagem: Evgeny Atamanenko | Shutterstock

Aproximar a escola da família pode fazer parte de um longo processo de valorização da empatia e da diversidade, além de possibilitar o surgimento de ideias efetivas comuns para os variados problemas desta relação que se tornou tão tensa nos últimos anos.

Tendo claro que este problema tem múltiplas raízes em diversas instâncias da sociedade, e que sem a melhora da sociedade como um todo, somente ações isoladas podem fruir algum resultado efetivo, apresentamos algumas sugestões para melhorar as relações entre as famílias e as escolas.

1. Mantenha a comunicação aberta

Talvez a mais efetiva das ações seja primar pelo diálogo. E ao falarmos de diálogo, significa dar real atenção às falas dos alunos e dos responsáveis, procurar trabalhar com eles ao invés de somente trabalhar para eles. Não somente nas reuniões regulares com os responsáveis, mas manter conversas e feedbacks frequentes, e reuniões com pequenos grupos podem surtir resultados surpreendentes.

2. Encontre canais de comunicação efetivos

Amplie os canais de comunicação com os responsáveis. Normalmente, somente ter telefones não é recomendado, pois muitos responsáveis não atendem ou trocam de números com muita frequência. Investir nas redes sociais, como Instagram, WhatsApp, e-mails ou aplicativos pode fazer enorme diferença. Mesmo que o responsável não veja individualmente, outros conhecidos podem alertá-lo para determinadas comunicações da escola.

A participação familiar na escola promove um diálogo essencial para alinhar a educação Imagem: Pixel-Shot | Shutterstock

3. Busque a colaboração

Trabalhar em conjunto um problema comum é uma atitude bastante efetiva. Demonstra valorização dos responsáveis e alunos pela escola, além de possibilitar a ocorrência de soluções criativas e mais efetivas do que a escola pode encontrar sozinha.

4. Crie eventos conjuntos

Uma forma de atrair os responsáveis para a escola é a criação de eventos, como festas, gincanas esportivas, feiras culturais e palestras de interesse para a comunidade. Pesquise sobre as predileções dos responsáveis sobre temas, e procure explorar esses assuntos por meio de eventos.

5. Aproxime-se das famílias

Nada melhor do que entender as famílias para descobrir como melhor se aproximar delas. Chamá-las para a escola de forma a conversar sobre a realidade delas e sobre o que pensam da instituição é muito efetivo. Muitas vezes, há informações que a gestão escolar desconhece e que são relevantes para a solução de determinados problemas comuns.

Por André Codea

Professor da rede municipal de educação do Rio de Janeiro, palestrante na área de Neurociência Pedagógica. Entre os livros lançados, está “Neurodidática – Fundamentos e princípios”.





Fonte: Edicase

Vídeos

5 filmes imperdíveis que estreiam no cinema em julho

Prublicadas

sobre

Tempo de Leitura:4 Minuto, 23 Segundo


Julho traz lançamentos imperdíveis que prometem muita ação, humor e emoção nas telonas Julho traz lançamentos imperdíveis que prometem muita ação, humor e emoção nas telonas Imagem: Reprodução Digital | Universal Pictures

Julho chega com lançamentos cinematográficos muito aguardados que prometem capturar a imaginação do público. Em “Meu Malvado Favorito 4”, Gru, seus adoráveis minions e sua família voltam para novas aventuras repletas de humor e travessuras. Enquanto isso, “Deadpool & Wolverine” traz uma colaboração explosiva entre os anti-heróis Wade Wilson e Wolverine, prometendo uma mistura única de ação, humor afiado e dinâmica cativante.

Confira, a seguir, mais informações sobre esses e outros lançamentos de julho nos cinemas!

1. Meu Malvado Favorito 4 (04/07)

Em “Meu Malvado Favorito 4”, Gru, os minions e sua família embarcam em novas travessuras hilárias e emocionantes Imagem: Reprodução Digital | Universal Pictures

Nesta sequência emocionante, o vilão mais amado do planeta retorna. Gru, Lucy, Margo, Edith e Agnes dão as boas-vindas a um novo membro da família: Gru Jr., que promete atormentar seu pai de maneiras inesperadas. Enquanto se adapta à vida com o pequeno, o protagonista enfrenta um novo e perigoso inimigo, Maxime Le Mal. A situação se complica quando o vilão ameaça a segurança de todos, forçando a esposa de Gru, Valentina, e a família a fugir para evitar o perigo iminente. Entre risadas e aventuras, a família deve encontrar uma maneira de derrotar o vilão e restaurar a paz.

2. Como Vender a Lua (11/07)

“Como Vender a Lua” acompanha uma especialista em marketing que é desafiada a encenar um pouso na Lua para inspirar a nação Imagem: Reprodução Digital | Columbia Pictures

A especialista em marketing Kelly Jones (Scarlett Johansson) é contratada para melhorar a imagem pública da NASA, mas acaba causando confusão no delicado trabalho do diretor de lançamento da Apollo 11, Cole Davis (Channing Tatum). Quando a Casa Branca decide que a missão é crucial demais para falhar, a protagonista recebe ordens de encenar um falso pouso na Lua.

Com a contagem regressiva em andamento, Jones e Davis enfrentam uma pressão imensa para tornar a farsa convincente o suficiente para inspirar toda a nação. Com desafios técnicos e éticos surgindo, eles são forçados a reavaliar suas convicções sobre moralidade e patriotismo. Revelações surpreendentes ameaçam expor o plano audacioso, colocando a dupla diante de escolhas que podem mudar o curso da história e de suas próprias vidas para sempre.

3. Tuesday – O Último Abraço (18/07)

Em “Tuesday – O Último Abraço”, uma mãe e sua filha adolescente confrontam a morte personificada Imagem: Reprodução Digital | A24

Dirigido e roteirizado pela estreante Daina O. Pusić, o filme é uma comovente fantasia dramática que narra a jornada emocionalmente desafiadora de uma mãe (Julia Louis-Dreyfus) e sua filha adolescente (Lola Petticrew) ao confrontarem a própria Morte, personificada por um surpreendente pássaro falante. Em meio a essa experiência única e sensível, o filme explora a busca por resiliência diante do inesperado, mergulhando profundamente nos laços familiares e na aceitação das circunstâncias que não podemos controlar.

4. Deadpool & Wolverine (25/07)

Em “Deadpool & Wolverine”, Wade Wilson e Wolverine unem forças em uma aventura explosiva repleta de ação e humor Imagem: Reprodução digital | Marvel Studios e 20th Century Studios

O filme reúne dois dos mais icônicos anti-heróis do universo Marvel: o mercenário tagarela Wade Wilson (Ryan Reynolds) e o poderoso mutante Wolverine (Hugh Jackman). Escrita e produzida pelos mesmos talentos por trás de “Deadpool” (2016) e “Deadpool 2” (2018), a história se desenrola enquanto Wade Wilson desfruta de um breve momento de calma ao lado de Vanessa (Morena Baccarin) e seus amigos, ao passo que Wolverine se recupera de seus próprios desafios.

Os destinos dos dois se entrelaçam de forma inesperada, dando início a uma improvável aliança quando eles se veem enfrentando um inimigo em comum. Juntos, embarcam em uma jornada repleta de ação, humor afiado e reviravoltas surpreendentes.

5. O Sequestro do Papa (29/07)

Baseado em uma história real, “O Sequestro do Papa” narra a luta de uma família contra as forças do papado e da unificação italiana Imagem: Reprodução Digital | Ad Vitam Distribution

O drama histórico relata a história de Edgardo Mortara (Enea Sala), um jovem judeu em Bolonha, Itália, em 1858. Após ser secretamente batizado, ele é separado à força de sua família para ser criado como católico. O filme segue a luta angustiante de seus pais para libertá-lo, uma batalha que se torna um conflito político entre o papado e as forças democráticas e de unificação italiana.

No centro deste drama épico, está a dolorosa jornada dos pais de Edgardo, que enfrentam obstáculos insuperáveis em uma busca desesperada para recuperar o filho. Ambientado contra o pano de fundo de uma Itália em transformação, o filme aborda temas de fé, família e os conflitos entre tradição e modernidade.





Fonte: Edicase

Continue Lendo

Vídeos

5 dicas para prevenir queimaduras

Prublicadas

sobre

Tempo de Leitura:3 Minuto, 37 Segundo


É preciso estar atento perto de fogueiras para evitar acidentes É preciso estar atento perto de fogueiras para evitar acidentes Imagem: Sanchik | Shutterstock)

Com as baixas temperaturas do inverno, as pessoas recorrem ao uso de aquecedores e lareiras para se manterem aquecidas. A temperatura dos alimentos, como fondues, sopas e caldos, também tende a ser mais quente. No entanto, esses fatores podem aumentar o risco de queimaduras graves. Em junho, inclusive, celebra-se o Dia Nacional de Luta contra Queimaduras, evidenciando a necessidade de estar atento e tomar precauções para evitar acidentes.

Segundo o Ministério da Saúde, cerca de um milhão de queimaduras ocorrem no Brasil anualmente. Entre 2015 e 2020, foram 19.772 mortes em decorrência a esse tipo de problema. Desse número, 53,3% foram por queimaduras térmicas, causadas por fontes de calor, e 46,1% por queimaduras elétricas, quando uma corrente elétrica atravessa o corpo, gerando calor. As queimaduras com fogos de artifício, por outro lado, aumentaram 36% entre 2021 e 2023.

“Entre um milhão de queimaduras que ocorrem anualmente, 70% são resultados de acidentes domésticos. Os líquidos superaquecidos são os principais vilões, com destaque para o mais comum: a água. Por isso, o trabalho de prevenção é essencial, principalmente no inverno”, afirma Elaine Godoy, enfermeira estomaterapeuta e coordenadora clínica Latam da Mölnlycke, empresa sueca líder em tratamento de feridas.

Prevenindo queimaduras 

É essencial adotar cuidados específicos para evitar queimaduras e suas possíveis complicações, pois essas lesões podem variar de leves a graves, dependendo da intensidade e duração da exposição ao calor, substâncias químicas ou eletricidade. Abaixo, veja como se proteger!

1. Atenção com crianças na cozinha

Conforme os dados do Ministério da Saúde, 77% dos casos de queimaduras acontecem em casa e 40% com crianças de até 10 anos. A cozinha é um lugar com diversos riscos para os pequenos, e o mais seguro é mantê-los em outros cômodos enquanto se prepara alimentos no fogão ou forno. Além disso, manter os cabos de panela para dentro do fogão, usar preferencialmente as bocas de trás do eletrodoméstico e não manipular líquidos quentes perto de crianças são ações importantes.

2. Fique atento à fonte de calor utilizada 

Ao cozinhar, é importante tomar diversos cuidados. Não se deve cozinhar com álcool ou combustíveis, é preciso estar atento para não deixar água cair sobre óleo quente e, sempre que terminar o preparo da comida, certifique-se que desligou as bocas do fogão e/ou forno. 

Para quem usa botijão de gás, posicionar o dispositivo longe de fontes diretas de calor e sempre na vertical é essencial. Ainda, feche a válvula sempre antes de dormir ou de sair de casa.

3. Tenha cuidados com eletricidade

Em relação à eletricidade, o primeiro passo é certificar-se que a manutenção da rede elétrica da sua casa está em dia, para evitar o mau funcionamento. Outras dicas importantes são: não ligar diversos aparelhos eletrônicos em uma mesma tomada e evitar usar dispositivos, como o celular, enquanto carregam.

Fogos de artifício também podem causar queimaduras Imagem: Photoromeo | Shutterstock

4. Cuidado com fogos de artifício

Os fogos de artifício apresentam riscos mesmo antes do uso, portanto não é recomendado armazená-los perto de crianças. Eles causam lesões sérias e não devem ser manuseados em locais com crianças e devem ser soltos em ambientes abertos. Lembre-se sempre de ler atentamente as instruções no rótulo do produto.

5. Atente-se ao uso de produtos inflamáveis

Certifique-se que produtos inflamáveis e químicos como fósforo, velas, produtos de limpeza e álcool estejam armazenados fora do alcance de crianças e animais. 

Agindo em caso de acidentes

Em caso de acidentes, o ideal é molhar a lesão com água corrente em temperatura ambiente. Jamais aplique substâncias como pomadas, manteiga ou creme dental no local. Procure um serviço médico o mais rápido possível por meio dos contatos: SAMU, telefone 192, e bombeiros, telefone 193. 

Por Samara Alcantara





Fonte: Edicase

Continue Lendo

Vídeos

3 receitas juninas com whey protein 

Prublicadas

sobre

Tempo de Leitura:4 Minuto, 0 Segundo


Veja como aproveitar as comidas típicas da festa de São João sem sair da dieta

Pralinê Pralinê Imagem: RoYam | Shutterstock

A temporada de festas juninas está aí e, para os fãs da culinária fitness, é possível comemorar essa época do ano sem exagerar no açúcar e mantendo uma dieta balanceada. Com uma seleção exclusiva de receitas temáticas, os diversos sabores de whey protein são perfeitos para trazer um toque saudável ao tradicional arraial, sem perder o gosto autêntico e característico dos pratos juninos.

Para tornar seu arraial mais saudável, com a ajuda da nutricionista Sandra Regina Oliveira Garcia, da Soldiers Nutrition, listamos algumas receitas para você aproveitar o São João sem sair da dieta. Confira!

Pralinê

Com um sabor de infância e prático de fazer, esse prato típico de festa junina conta com o famoso amendoim crocante coberto com chocolate. A receita é simples, fácil e pode ser feita de uma forma mais saudável. Aprenda!

Ingredientes

  • 1 xícara de chá de amendoins sem sal
  • 1/4 de xícara de chá de chocolate amargo picado
  • 1 colher de sopa de óleo de coco
  • 1 scoop de whey protein sabor chocolate belga
  • Óleo de coco para untar

Modo de preparo

Espalhe os amendoins em uma assadeira e leve ao forno preaquecido a 180 °C por cerca de 10 a 12 minutos. O ideal é que eles fiquem dourados e crocantes. Retire do forno e aguarde esfriar. Em uma panela em fogo baixo, derreta o chocolate amargo com o óleo de coco até formar uma mistura homogênea. Retire do fogo e adicione o scoop de whey protein de chocolate belga e misture até incorporar. Em uma vasilha grande, junte os amendoins com a mistura de chocolate e mexa bem. Espalhe bem os amendoins em uma assadeira untada com óleo de coco e deixe esfriar ou leve à geladeira por cerca de 30 minutos. Sirva em seguida.

Canjica Imagem: Alexandre Camilo Bonato | Shutterstock

Canjica

A canjica é um clássico que não pode faltar de jeito nenhum na festa junina e, com essa receita prática, proteica e saudável, você vai querer fazer durante o ano todo. Veja!

Ingredientes

  • 1 xícara de chá de canjica de milho lavada
  • 1 l de água
  • 1 l de leite desnatado ou vegetal
  • 2 scoops de whey protein de beijinho
  • 1 colher de chá de canela
  • 1 colher de chá de essência de baunilha
  • 1 pitada de sal
  • Água para deixar de molho

Modo de preparo

Em um recipiente com água, deixe a canjica de molho por cerca de 12 horas. Depois, coloque na panela de pressão, com uma pitada de sal e um litro de água. Leve ao fogo médio e cozinhe por 30 minutos, após pegar pressão. Desligue o fogo, espere a pressão sair e coloque a canjica em uma panela. Adicione o leite, a canela em pó e a essência de baunilha. Mexa bem em fogo baixo. Cozinhe por alguns minutos, sempre mexendo, até chegar à consistência desejada.  Desligue o fogo, acrescente o whey protein sabor beijinho e mexa até ficar homogêneo. Deixe esfriar. Você pode servir quente ou frio e polvilhar canela ou amendoim triturado por cima. Sirva em seguida.

Bolo de milho

O bolo de milho-verde remete às lembranças na casa de vó, e é uma receita certeira para qualquer arraial, inclusive para um café da tarde. Para melhorar ainda mais, conheça essa versão saudável:

Ingredientes

  • 200 g de milho-verde ou 3 espigas de milho-verde
  • 2 xícaras de chá de leite desnatado ou água
  • 3 ovos
  • 3 colheres de chá de óleo de coco
  • 1/4 de xícara de adoçante (stévia, xilitol ou açúcar de coco)
  • 2 scoops de whey protein de baunilha
  • 2 colheres de sopa de fermento
  • 5 colheres de sopa de amido de milho
  • Farinha de milho para enfarinhar
  • Óleo de soja para untar

Modo de preparo

No liquidificador, bata por 1 minuto o milho-verde com a água, o óleo de coco e os ovos. Adicione o amido de milho, o adoçante, o whey protein e bata novamente até ficar homogêneo. Adicione o fermento e coloque em uma forma untada com óleo de soja e enfarinhada com farinha de milho. Leve ao forno preaquecido a 180 °C por cerca de 30 minutos. Deixe esfriar para desenformar e sirva em seguida.

Por Vanessa Oliveira





Fonte: Edicase

Continue Lendo

Popular