Connect with us

Vídeos

7 dicas para evitar acidentes durante a prática de atividade física

Prublicadas

sobre

Tempo de Leitura:4 Minuto, 54 Segundo


É fundamental preparar o corpo antes de iniciar qualquer exercício físico É fundamental preparar o corpo antes de iniciar qualquer exercício físico Imagem: Bojan Milinkov | Shutterstock

Praticar atividades físicas regularmente traz inúmeros benefícios à saúde, mas o medo de se machucar pode ser uma barreira significativa para muitas pessoas. Todavia, é possível evitar lesões e acidentes durante os exercícios, garantindo uma prática segura e eficaz. Para isso, pequenos ajustes, atenção aos detalhes e algumas práticas preventivas podem fazer toda a diferença.

Quer descobrir mais sobre como proteger seu corpo e evitar acidentes? Confira as dicas a seguir!

1. Realize aquecimento antes da atividade física

O aquecimento antes de iniciar a atividade física é essencial para preparar o corpo e prevenir lesões. Este processo envolve realizar exercícios leves e gradualmente intensificar a intensidade para elevar a temperatura corporal e aumentar o fluxo sanguíneo para os músculos. Isso também ajuda a aumentar a flexibilidade das articulações, melhorar a eficiência dos sistemas cardiovascular e respiratório e preparar a mente para a atividade física.

2. Utilize equipamentos e vestimentas apropriados

Equipamentos adequados fazem a diferença na prevenção de acidentes. Calçados específicos para cada modalidade, como tênis de corrida com bom amortecimento ou chuteiras para futebol, oferecem suporte e aderência adequados.

No caso do ciclismo, existem bermudas com forro almofadado para amenizar o desconforto do banco da bike e camisetas com tecidos que permitem a transpiração. “Caso não possua esses itens, o ideal é utilizar roupas confortáveis, como bermudas e camisetas de tecidos naturais, como o algodão, ou tecnológicos, como o Dry Fit”, indica o personal trainer Guilherme Santander.

Para esportes de contato ou de alto impacto, acessórios como capacetes, protetores bucais e coletes de proteção absorvem choques e protegem áreas vulneráveis. Verificar regularmente o estado dos equipamentos também previne falhas que possam causar acidentes.

3. Mantenha a hidratação adequada

A hidratação adequada vai além de beber água durante o exercício. Ingerir líquidos ao longo do dia, especialmente antes e após a prática, mantém o corpo preparado. “Beba água ao longo do dia e considere consumir uma bebida esportiva leve com eletrólitos antes do treino, especialmente se você suar muito. Esta prática, além de evitar câimbras durante o treino, também vai ajudar na regulação da temperatura corporal”, acrescenta a nutricionista Marina Delorenzo.

Uma estratégia eficaz é tomar pequenos goles a cada 20 minutos durante o exercício e aproximadamente 500 ml de água duas horas antes de iniciar a atividade. Evitar bebidas alcoólicas e com alto teor de cafeína também ajuda a manter o equilíbrio hídrico.

4. Conheça e respeite seus limites

O autoconhecimento é essencial na prática de atividades físicas. Identificar e respeitar os limites pessoais evita sobrecargas que resultam em lesões. Começar com intensidades baixas e aumentar gradativamente a carga de exercícios permite adaptação muscular e articular.

Além disso, o acompanhamento de um profissional é essencial. “No início, o aluno terá, antes de qualquer atividade física, um diagnóstico, uma análise precisa de suas reais necessidades. Depois, serão prescritas atividades de acordo com a carência do aluno, que terá o acompanhamento na execução dos exercícios e no controle dos resultados”, afirma o personal trainer Givanildo Matias.

O profissional personal trainer oferece atendimento personalizado, prevenindo a prática de exercícios de forma inadequada Imagem: Ground Picture | Shutterstock

5. Consulte profissionais de educação física

Profissionais qualificados oferecem um plano de exercícios personalizado que considera a condição física, objetivos e possíveis limitações. Um personal trainer ou instrutor corrige a técnica, ajusta a carga e a intensidade dos exercícios conforme a evolução do praticante.

“Quando um professor vai elaborar um treino, leva diversos fatores em consideração: objetivo, rotina, e o descanso deve estar nessa periodização, conforme a necessidade de cada um”, explica o personal trainer José Corbini, sócio do aplicativo de saúde integrativa Personal Virtual.

Programas de treino estruturados, que incluem períodos de descanso e variações de atividades, garantem o desenvolvimento equilibrado de força, resistência e flexibilidade. Além disso, acompanhamento regular previne a prática de exercícios de forma inadequada, que podem resultar em lesões.

6. Verifique o ambiente de exercício

A segurança no ambiente de exercício é fundamental. Espaços internos, como academias, devem ter pisos antiderrapantes, equipamentos em bom estado e disposição que evite congestionamentos. Em ambientes externos, atenção ao terreno – que deve estar nivelado e livre de obstáculos – é essencial.

Condições climáticas, como calor extremo ou chuva, influenciam diretamente a segurança. Utilizar protetor solar em atividades ao ar livre e evitar horários de pico de calor também ajudam na prevenção de problemas.

“Além do calor, as atividades físicas também elevam a temperatura corporal e a produção de suor. Combinados à falta de hidratação, cuja necessidade é maior nesse período de calor, esses fatores predispõem, por exemplo, a uma maior concentração urinária, o que eleva as chances de cálculos renais, que têm uma incidência 30% maior no verão”, diz a médica nefrologista Dra. Caroline Reigada.

7. Realize check-ups médicos regulares

Check-ups médicos regulares permitem monitorar a saúde geral e identificar condições capazes de interferir na prática de atividades físicas. Exames como eletrocardiogramas, testes de função pulmonar e avaliações ortopédicas fornecem uma visão completa do estado físico.

“Conhecendo as reais condições de saúde do praticante, o instrutor físico pode indicar o melhor programa de treino para cada um, com duração, frequência e tipo de exercício adequado”, explica Ricardo Munir Nahas, especialista em Medicina do Esporte. Pessoas com condições preexistentes, como hipertensão ou diabetes, devem seguir orientações médicas para um treino seguro e eficaz.





Fonte: Edicase

Vídeos

Cayo Coco: veja o que visitar no paraíso tropical de Cuba

Prublicadas

sobre

Tempo de Leitura:2 Minuto, 2 Segundo


Conheça pontos turísticos incríveis que você não pode deixar de visitar na ilha

Cayo Coco tem algumas das mais belas praias do mundo Cayo Coco tem algumas das mais belas praias do mundo Imagem: DTS Producciones | Shutterstock)

Localizada no norte de Cuba, Cayo Coco é um paraíso tropical. Playa Flamingo é uma das praias mais deslumbrantes e populares da cidade, conhecida por suas águas rasas e calmas, perfeitas para nadar e relaxar. Situada na costa nordeste da ilha, recebe o nome devido à presença ocasional de flamingos-rosados que visitam suas águas rasas em busca de comida.

Parque Natural El Baga e Delfinario de Cayo Coco

O Parque Natural El Baga oferece a oportunidade de explorar a flora e a fauna únicas da região. Faça caminhadas pela vegetação exuberante, observe aves migratórias e descubra a diversidade da vida selvagem neste santuário natural. Já para uma experiência memorável, visite o Delfinario de Cayo Coco, onde você pode nadar com golfinhos em um ambiente seguro e controlado. Interaja com esses magníficos animais marinhos e desfrute de espetáculos emocionantes.

Excursão de catamarã

É possível explorar os arredores de Cayo Coco em uma emocionante excursão de catamarã. Navegue pelas águas cintilantes, faça paradas para nadar e mergulhar, e desfrute de um delicioso almoço a bordo enquanto admira as vistas deslumbrantes da costa cubana. A região é repleta de outros Cayos famosos.

Ilha de Cayo Guillermo tem praias intocadas e paisagens naturais que oferecem um refúgio tranquilo e longe das multidões Imagem: Beca Gonzalez | Shutterstock

Ilha de Cayo Guillermo e Santa Maria

A apenas uma curta viagem de barco, Cayo Guillermo é outra ilha deslumbrante que vale a pena explorar. Suas praias intocadas e paisagens naturais oferecem um refúgio tranquilo longe das multidões. Já Cayo Santa Maria é uma pequena ilha de 16 quilômetros de comprimento por dois de largura, ainda pouco frequentada por turistas, mas com um cenário natural incrível, uma excelente infraestrutura turística e belíssimas praias, como Perla Blanca, Periquillo e Santa Maria.





Fonte: Edicase

Continue Lendo

Vídeos

5 filmes imperdíveis que estreiam no cinema em julho

Prublicadas

sobre

Tempo de Leitura:4 Minuto, 23 Segundo


Julho traz lançamentos imperdíveis que prometem muita ação, humor e emoção nas telonas Julho traz lançamentos imperdíveis que prometem muita ação, humor e emoção nas telonas Imagem: Reprodução Digital | Universal Pictures

Julho chega com lançamentos cinematográficos muito aguardados que prometem capturar a imaginação do público. Em “Meu Malvado Favorito 4”, Gru, seus adoráveis minions e sua família voltam para novas aventuras repletas de humor e travessuras. Enquanto isso, “Deadpool & Wolverine” traz uma colaboração explosiva entre os anti-heróis Wade Wilson e Wolverine, prometendo uma mistura única de ação, humor afiado e dinâmica cativante.

Confira, a seguir, mais informações sobre esses e outros lançamentos de julho nos cinemas!

1. Meu Malvado Favorito 4 (04/07)

Em “Meu Malvado Favorito 4”, Gru, os minions e sua família embarcam em novas travessuras hilárias e emocionantes Imagem: Reprodução Digital | Universal Pictures

Nesta sequência emocionante, o vilão mais amado do planeta retorna. Gru, Lucy, Margo, Edith e Agnes dão as boas-vindas a um novo membro da família: Gru Jr., que promete atormentar seu pai de maneiras inesperadas. Enquanto se adapta à vida com o pequeno, o protagonista enfrenta um novo e perigoso inimigo, Maxime Le Mal. A situação se complica quando o vilão ameaça a segurança de todos, forçando a esposa de Gru, Valentina, e a família a fugir para evitar o perigo iminente. Entre risadas e aventuras, a família deve encontrar uma maneira de derrotar o vilão e restaurar a paz.

2. Como Vender a Lua (11/07)

“Como Vender a Lua” acompanha uma especialista em marketing que é desafiada a encenar um pouso na Lua para inspirar a nação Imagem: Reprodução Digital | Columbia Pictures

A especialista em marketing Kelly Jones (Scarlett Johansson) é contratada para melhorar a imagem pública da NASA, mas acaba causando confusão no delicado trabalho do diretor de lançamento da Apollo 11, Cole Davis (Channing Tatum). Quando a Casa Branca decide que a missão é crucial demais para falhar, a protagonista recebe ordens de encenar um falso pouso na Lua.

Com a contagem regressiva em andamento, Jones e Davis enfrentam uma pressão imensa para tornar a farsa convincente o suficiente para inspirar toda a nação. Com desafios técnicos e éticos surgindo, eles são forçados a reavaliar suas convicções sobre moralidade e patriotismo. Revelações surpreendentes ameaçam expor o plano audacioso, colocando a dupla diante de escolhas que podem mudar o curso da história e de suas próprias vidas para sempre.

3. Tuesday – O Último Abraço (18/07)

Em “Tuesday – O Último Abraço”, uma mãe e sua filha adolescente confrontam a morte personificada Imagem: Reprodução Digital | A24

Dirigido e roteirizado pela estreante Daina O. Pusić, o filme é uma comovente fantasia dramática que narra a jornada emocionalmente desafiadora de uma mãe (Julia Louis-Dreyfus) e sua filha adolescente (Lola Petticrew) ao confrontarem a própria Morte, personificada por um surpreendente pássaro falante. Em meio a essa experiência única e sensível, o filme explora a busca por resiliência diante do inesperado, mergulhando profundamente nos laços familiares e na aceitação das circunstâncias que não podemos controlar.

4. Deadpool & Wolverine (25/07)

Em “Deadpool & Wolverine”, Wade Wilson e Wolverine unem forças em uma aventura explosiva repleta de ação e humor Imagem: Reprodução digital | Marvel Studios e 20th Century Studios

O filme reúne dois dos mais icônicos anti-heróis do universo Marvel: o mercenário tagarela Wade Wilson (Ryan Reynolds) e o poderoso mutante Wolverine (Hugh Jackman). Escrita e produzida pelos mesmos talentos por trás de “Deadpool” (2016) e “Deadpool 2” (2018), a história se desenrola enquanto Wade Wilson desfruta de um breve momento de calma ao lado de Vanessa (Morena Baccarin) e seus amigos, ao passo que Wolverine se recupera de seus próprios desafios.

Os destinos dos dois se entrelaçam de forma inesperada, dando início a uma improvável aliança quando eles se veem enfrentando um inimigo em comum. Juntos, embarcam em uma jornada repleta de ação, humor afiado e reviravoltas surpreendentes.

5. O Sequestro do Papa (29/07)

Baseado em uma história real, “O Sequestro do Papa” narra a luta de uma família contra as forças do papado e da unificação italiana Imagem: Reprodução Digital | Ad Vitam Distribution

O drama histórico relata a história de Edgardo Mortara (Enea Sala), um jovem judeu em Bolonha, Itália, em 1858. Após ser secretamente batizado, ele é separado à força de sua família para ser criado como católico. O filme segue a luta angustiante de seus pais para libertá-lo, uma batalha que se torna um conflito político entre o papado e as forças democráticas e de unificação italiana.

No centro deste drama épico, está a dolorosa jornada dos pais de Edgardo, que enfrentam obstáculos insuperáveis em uma busca desesperada para recuperar o filho. Ambientado contra o pano de fundo de uma Itália em transformação, o filme aborda temas de fé, família e os conflitos entre tradição e modernidade.





Fonte: Edicase

Continue Lendo

Vídeos

5 dicas para prevenir queimaduras

Prublicadas

sobre

Tempo de Leitura:3 Minuto, 37 Segundo


É preciso estar atento perto de fogueiras para evitar acidentes É preciso estar atento perto de fogueiras para evitar acidentes Imagem: Sanchik | Shutterstock)

Com as baixas temperaturas do inverno, as pessoas recorrem ao uso de aquecedores e lareiras para se manterem aquecidas. A temperatura dos alimentos, como fondues, sopas e caldos, também tende a ser mais quente. No entanto, esses fatores podem aumentar o risco de queimaduras graves. Em junho, inclusive, celebra-se o Dia Nacional de Luta contra Queimaduras, evidenciando a necessidade de estar atento e tomar precauções para evitar acidentes.

Segundo o Ministério da Saúde, cerca de um milhão de queimaduras ocorrem no Brasil anualmente. Entre 2015 e 2020, foram 19.772 mortes em decorrência a esse tipo de problema. Desse número, 53,3% foram por queimaduras térmicas, causadas por fontes de calor, e 46,1% por queimaduras elétricas, quando uma corrente elétrica atravessa o corpo, gerando calor. As queimaduras com fogos de artifício, por outro lado, aumentaram 36% entre 2021 e 2023.

“Entre um milhão de queimaduras que ocorrem anualmente, 70% são resultados de acidentes domésticos. Os líquidos superaquecidos são os principais vilões, com destaque para o mais comum: a água. Por isso, o trabalho de prevenção é essencial, principalmente no inverno”, afirma Elaine Godoy, enfermeira estomaterapeuta e coordenadora clínica Latam da Mölnlycke, empresa sueca líder em tratamento de feridas.

Prevenindo queimaduras 

É essencial adotar cuidados específicos para evitar queimaduras e suas possíveis complicações, pois essas lesões podem variar de leves a graves, dependendo da intensidade e duração da exposição ao calor, substâncias químicas ou eletricidade. Abaixo, veja como se proteger!

1. Atenção com crianças na cozinha

Conforme os dados do Ministério da Saúde, 77% dos casos de queimaduras acontecem em casa e 40% com crianças de até 10 anos. A cozinha é um lugar com diversos riscos para os pequenos, e o mais seguro é mantê-los em outros cômodos enquanto se prepara alimentos no fogão ou forno. Além disso, manter os cabos de panela para dentro do fogão, usar preferencialmente as bocas de trás do eletrodoméstico e não manipular líquidos quentes perto de crianças são ações importantes.

2. Fique atento à fonte de calor utilizada 

Ao cozinhar, é importante tomar diversos cuidados. Não se deve cozinhar com álcool ou combustíveis, é preciso estar atento para não deixar água cair sobre óleo quente e, sempre que terminar o preparo da comida, certifique-se que desligou as bocas do fogão e/ou forno. 

Para quem usa botijão de gás, posicionar o dispositivo longe de fontes diretas de calor e sempre na vertical é essencial. Ainda, feche a válvula sempre antes de dormir ou de sair de casa.

3. Tenha cuidados com eletricidade

Em relação à eletricidade, o primeiro passo é certificar-se que a manutenção da rede elétrica da sua casa está em dia, para evitar o mau funcionamento. Outras dicas importantes são: não ligar diversos aparelhos eletrônicos em uma mesma tomada e evitar usar dispositivos, como o celular, enquanto carregam.

Fogos de artifício também podem causar queimaduras Imagem: Photoromeo | Shutterstock

4. Cuidado com fogos de artifício

Os fogos de artifício apresentam riscos mesmo antes do uso, portanto não é recomendado armazená-los perto de crianças. Eles causam lesões sérias e não devem ser manuseados em locais com crianças e devem ser soltos em ambientes abertos. Lembre-se sempre de ler atentamente as instruções no rótulo do produto.

5. Atente-se ao uso de produtos inflamáveis

Certifique-se que produtos inflamáveis e químicos como fósforo, velas, produtos de limpeza e álcool estejam armazenados fora do alcance de crianças e animais. 

Agindo em caso de acidentes

Em caso de acidentes, o ideal é molhar a lesão com água corrente em temperatura ambiente. Jamais aplique substâncias como pomadas, manteiga ou creme dental no local. Procure um serviço médico o mais rápido possível por meio dos contatos: SAMU, telefone 192, e bombeiros, telefone 193. 

Por Samara Alcantara





Fonte: Edicase

Continue Lendo

Popular